Apresentação

Apresentação

domingo, 31 de agosto de 2014

Boneco Machão, Kaplast, 1978

Assim como os bonecos de plástico, os de vinil também não me interessavam, até eu começar a colecionar. Como colecionadora e restauradora, estou sempre adquirindo lotes de bonecas, e muita coisa acaba chegando até as minhas mãos. Foi assim que as lindas bonequinhas de vinil chegaram na minha coleção. As duas primeiras vieram em um lote de Barbies, me encantei por elas e  as guardei. Depois foram chegando outras e mais outras e quando dei por mim, já tinham varias morando por aqui. Em um lote mais recente, chegaram esses dois mocinhos. Pesquisando sobre eles, descobri tratar-se de bonecos "Machão", da Kaplast, que era famosa na década de 70 por suas bonecas de vinil. O moreno precisou de rerooting, estava sem cabelos, apenas com a cabeça pintada de castanho.













sexta-feira, 29 de agosto de 2014

Boneca Susi, Estrela, 1980

Não me lembro bem a data, mas era um desses feriados especiais, quando parentes distantes visitam sua casa. O ano era 1980. Um primo do meu pai veio nos visitar e trouxe uma caixa em suas mãos. Ela não estava embrulhada, parecia que tinha acabado de passar em um loja e comprar. Ele passou por mim e a caixa chamou a minha atenção, eu perguntei o que era, e ele me respondeu :"uma boneca", eu curiosa continuei, "de quem", e ele "sua", e me deu a caixa, foi a primeira vez que eu vi uma Susi. Eu tinha 2 anos somente, quase 3, mas me lembro de cada detalhe daquele momento. 


Eu brinquei muito, mas muito mesmo, com essa Susi. Ela fez parte quase que da minha infância toda. Lembro da minha penteando seus cabelos, sentada comigo em minha cama, enrolando os com os dedos e a escovinha que ela tinha. 



Ela começou a quebrar, a fragilidade da boneca não resistiu muito a tanta brincadeira, e assim foi até que minha mãe se desfez do que havia restado dela. Eu sempre quis ter essa boneca de volta, e hoje graças ao meu marido, que me presenteou com essa preciosidade, e ao meu amigo Kellerman, (Shalombonekas no Mercado Livre), que a reservou para mim, eu a tenho novamente. Imaginem uma pessoa muito feliz rsrs me sinto criança hoje de novo.


Foto do catálogo da boneca Susi, Estrela, 1980


quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Boneca Mariquinha, Estrela, 1980/81

Não conhecia essa fofinha até recentemente. Ela veio em meio a várias outras bonecas da época e fiquei curiosa pra saber quem era. Graças a ajuda de outros colecionadores, descobri ser a Mariquinha, uma mini doll do inicio dos anos 80, (ainda não sei a data exata, se você souber qualquer informação, me conte, por favor). Encontrei outros modelos a venda, todas muito fofas e com esse ar campestre. Posso dizer que oficialmente, essa é a primeira mini doll da minha coleção.








Kewpie, 1977

A gente nunca sabe por quais caminhos a vida no leva. Quando comecei a colecionar bonecas, não tive interesse em bonecas de plástico, (conhecidas como bonecas de plástico bolha). Quando criança, eu não gostava delas, as considerava de baixa qualidade quando comparadas as outras bonecas. Mas recentemente fui surpreendida! Em um lote que adquiri, veio um lindo Kewpie, de plástico. Acabei ficando com ele e abrindo um novo lugar na minha coleção, um lugar para bonecas de plástico. 




 Como diria meu amigo Kellerman, "a Kewpie performance" 

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Boneca Beijoca, Estrela, 1979

Eu sempre quis uma boneca Beijoca da Estrela, então quando uma conhecida colocou essa a venda, eu não resisti e comprei. O problema é que ela precisava de restauração. Encarei o desafio. Me deu um pouco de trabalho, mas o resultado foi ótimo. Optei por não fazer uma réplica de roupa original, ao contrário, quis criar um modelo totalmente novo pra ela. Tinha acabado de ganhar alguns tecidos importados da minha querida amiga, Rosana Brunetto, e estava doida para usa-los. Adorei o resultado. 





Quer conhecer a restauração dela? Visite meu blog de restaurações:

domingo, 24 de agosto de 2014

Bebezinho, Estrela, 1999

Eu sou totalmente apaixonada pelos bebês da Estrela. Na minha opinião, eles são os bebês mais bonitos da industria brasileira Se bem que, na verdade, eles não são exatamente brasileiros, seus moldes são espanhóis, e foram produzidos pela marca Berjusa. Na Espanha eles eram chamados de Mi Bebe. Aqui foram lançados em três tamanhos pela Estrela, Meu Bebê de cerca de 60cm, Bebezinho com cerca de 48cm e o Nenezinho com cerca de 35 cm. 


Eu particularmente amo os Bebezinhos. Tenho alguns, mas meu xodó é esse, a Bebezinho negra lançada em 1999. Nas décadas de 80 e 90, não era tão comum encontrar bonecas negras no Brasil, (e ainda não é, infelizmente), então por isso, encontrar um Bebezinho negro da Estrela pra venda é muito raro. Eu quis muito um na década de 80, mas não tive, então em 99, quando foi lançado esse modelo, nem pensei duas vezes e comprei. Está comigo desde então, parte especial da minha coleção. 

Reparem na beleza de seus olhos castanhos, tão incomuns em bonecas da Estrela, que sempre priorizou os olhos azuis tradicionais da marca. 

sábado, 23 de agosto de 2014

Barbie em Revista, Estrela, 1983


Mais uma revistinha promocional que vinha no meio dos gibis. Eu particularmente, adorava. Essa é de 1983. Me lembro da que veio em 1982, era uma estorinha de gibi, acho que vinha no meio de um dos gibis da turma da mônica. Ali apresentavam as bonecas, a chegada da Barbie como uma grande celebridade que estava apaixonada pelo Brasil. Me lembro de ficar completamente apaixonada pela boneca e pela estória. 

sexta-feira, 22 de agosto de 2014

Revista Barbie, Estrela, 1984

Em 1984 chegava ao Brasil o Bob, namorado da Barbie. (Na verdade mesmo, era o Ken, mas o pessoal achou que Ken seria um nome muito estranho pra ser usado por aqui, e preferiram trocar por um nome mais simples para o público). Com a chegada do Bob, a estrela lançou, como forma de publicidade promocional, uma revistinha, ou melhor, um encarte que vinha dentro dos gibis, falando do Bob e da nova coleção. Me lembro até hoje que fiquei deslumbrada quando abri o gibi e encontrei a revistinha.





quinta-feira, 21 de agosto de 2014

Fofão, Coleção Fofa e Fofão, Estrela,1984

Esse é o outro menino que veio no lote que comprei. Como, de acordo com minha mãe, eles deveriam ter o nome de uma dupla sertaneja, e o outro chama Leonardo, apresento a vocês o meu Leandro. A restauração dele foi um sufoco, achei que não conseguiria, mas por fim deu tudo certo. A roupa, fiz uma réplica da do catálogo da Estrela. Gostei muito do resultado. 
(Quer saber mais sobre a restauração desse e de outros bonecos? acesse http://ateliedebonecasgigifernandes.blogspot.com.br/ )






Fofão, Coleção Fofa e Fofão, Estrela, 1981

Esse menino lindo veio pra mim junto com o irmãozinho mais novo rsrsr Ambos estavam muito destruídos. A situação era tão precária que pensei que não fosse ser capaz de restaura-los. No fim, deu tudo certo. Minha mãe queria nomeá-los com o nome de uma dupla sertaneja, então eu escolhi Leandro e Leonardo rsrsr Esse de 1981 é o meu Leonardo. Olhem que boneco mais lindo
A roupinha é parte réplica, (a blusinha), e parte original, (shorts, meias e sapatos)
.



Olhem só que lindos os irmãozinhos. Acho que eles estão merecendo uma irmãzinha também. 



quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Lalá e Lulu, Estrela, 1981

Essa linda menina ganhei dos meus tios, (padrinho e madrinha), no Natal. Eu era muito pequena, tinha 3 anos, então minha mãe a guardou e não me deixou brincar com ela. Fui crescendo e a achava tão fofa, que tinha o maior cuidado, mal brincava, mais a admirava. Ela me acompanha desde então. 



 Parte de trás da caixa 








domingo, 17 de agosto de 2014

Boneco Quem Me Quer, Estrela, 1986

Paixão das minhas paixões, as bonecas Quem Me Quer moram no meu coração desde a primeira vez que as vi, em um comercial de televisão. Lembro que fiquei tão encantada por elas, que sonhava com dia em que teria uma. No comercial, elas apareciam em vários locais esperando que uma criança as adotassem, e eu na minha inocência infantil, ficava aguardando o dia em que encontraria uma me esperando no meu portão rsrs. Esse lindo menino pertence a segunda edição das bonecas, a coleção de 1986, onde os olhinhos não eram mais pintados, mas sim, de dormir. Ele foi um dos meus "segundos" bonecos, rsrs falo assim pq quando adquiri, vieram 3 bonecos de uma vez, exatamente os 3 meninos que foram lançados, então não dá pra dizer qual foi exatamente a minha segunda QMQ, já que elas vieram em trio. 





Foto do catálogo Estrela 1986

Foto da parte de trás da caixa da Quem Me Quer

Propaganda da Quem Me Quer que vinha em gibis da época




Xuxinha Geração 90, Mimo, 1991

Essa boneca chegou para mim há muito tempo atrás, em uma troca onde vieram varias bonecas. Durante minha vida, antes de me tornar colecionadora, eu costumava "ajuntar" bonecas rsrsrs Eu não conhecia essa coleção de Xuxinhas e pra mim foi uma surpresa. Ela estava com a caixa um pouco descolada, e as roupas desbotadas, mas de resto, tudo estava perfeito e completo. Restaurei ambas, caixa e roupa, higienizei a boneca e voilá, mais uma menina que hoje é parte da minha coleção. Hoje, já no meio de colecionadores, descobri que a Xuxinha foi fabricada também pela Famosa, empresa espanhola de brinquedos, sob licensa da Mimo, devido ao sucesso da Xuxa na Europa